PF realiza operação em SP contra pedofilia na internet

 

    SÃO PAULO - A Polícia Federal de Jales, no interior de São Paulo, cumpriu 14 mandados de busca e apreensão na manhã desta quinta-feira durante a Operação Cuca, que visa a combater crimes de pedofilia e pornografia infantil praticados na internet. Foram apreendidos discos rígidos, pen-drives, CDs, DVDs, entre outras mídias de armazenamento.

De acordo com a PF, os mandados foram cumpridos nas cidades de Fernandópolis, Jales, Votuporanga, Auriflama, Cardoso e General Salgado. A maior parte foi cumprida na cidade de Fernandópolis. Vinte e um policiais federais, entre eles dois peritos em informática, participaram da ação.

A investigação teve início quando o Ministério Público Federal encaminhou à PF informações da empresa Google relatando que um perfil do site de relacionamento Orkut havia sido criado para armazenar registros fotográficos contendo pornografia infantil. A partir daí, os endereços dos computadores utilizados para os acessos mais recentes ao conteúdo do site foram identificados.

Os crimes envolvendo registros de pornografia infantil preveem até oito anos de prisão. A conduta ilegal pode ser tipificada desde o armazenamento até a comercialização dos arquivos.