Para Collor, Tuma era grande amigo e excepcional colaborador

O ex-presidente e senador Fernando Collor (PTB) lamentou o falecimento de seu colega de Casa e partido, Romeu Tuma, em nota. Collor declarou que Tuma era "um grande amigo, um grande companheiro de partido e excepcional colaborador".

O ex-presidente afirmou por telefone à assessoria de seu gabinete que a morte de Tuma é uma "grande perda não apenas para o Senado Federal, como para todo o País". Ele ainda lembrou que no período em que estava na presidência, seu colega foi diretor-geral da Polícia Federal e secretário da Receita Federal, "tornando-se conhecido nacionalmente pelo trabalho que desempenhou junto aos dois órgãos".