SP: Bin Laden leva dois tiros no peito depois de assaltar PM

Bandido parecido com terrorista árabe não corre risco de vida

     SÃO PAULO - O ex-detento Gerson Veroni, 36 anos, mais conhecido como Bin Laden, por causa da semelhança com o terrorista árabe, foi baleado logo depois de pegar R$ 0,10 de um sargento da Polícia Militar, na Vila Nery, em São Carlos, no interior de São Paulo, no final da noite de quarta-feira.

O acusado pediu um dinheiro ao policial que deixava a namorada em casa. Depois de conseguir apenas os centavos, sacou um revólver e anunciou o assalto. O policial militar foi mais rápido, reagiu e disparou dois tiros.

De acordo com o relatório da Polícia Militar, o sargento e a namorada não ficaram feridos. Bin Laden foi socorrido e levado para à Santa Casa de São Carlos. Ele não corre risco de vida.