Após ter corrida negada, casal mata taxista e fere mais duas pessoas no RS

     PORTO ALEGRE - O taxista Tiago Martins da Silva morreu na noite desta segunda-feira em Porto Alegre após levar um tiro no peito no local em que trabalhava, que fica na Rua Adda Mascarenhas de Moraes, bairro Jardim Planalto, zona norte da cidade. Além dele, outro taxista e um cliente foram atingidos na perna e não correm risco de vida.

Segundo a Polícia Civil, um casal teria simulado uma discussão no final do dia em frente ao ponto de táxi e os taxistas se negaram a fazer uma corrida. "O homem, branco, bateu na mulher, loira, e eles tentaram embarcar, mas os taxistas desconfiaram e se negaram a levá-los. Houve uma discussão e, minutos depois, o casal voltou armado e atirando contra todo mundo", disse o titular da Delegacia de Homicídios, Juliano Ferreira, que investiga o caso.

Tiago Martins da Silva levou um tiro no peito e morreu na hora. Ele estava dentro do veículo. "Está todo mundo surpreso e apavorado com a forma fútil com que se deu o fato", afirma o delegado. Nada foi roubado. As outras vítimas se recuperam no Hospital Cristo Redentor.