Polícia apreende R$ 500 mil em joias, vereador é suspeito em Minas Gerais

A Polícia Civil de Minas Gerais apresentou nesta segunda-feira o resultado de uma investigação sobre receptação de joias no Estado. Foram apreendidos R$ 500 mil em mercadorias que seriam provenientes de furtos e roubos em Belo Horizonte. Um vereador de Vespaciano é suspeito de envolvimento no caso. As informações são do MGTV

Segundo a Polícia Civil, anéis, relógios, cordões de ouro, gargantilhas em brilhantes e pedras preciosas foram encontradas pelos policiais em duas residências do vereador em Vespasiano e ainda em um escritório dele na Rua Tupinambás, no centro da capital. O vereador não foi encontrado.