Gerente de banco paga e liberta família dele de sequestro em São Paulo

Um gerente de uma agência bancaria foi rendido junto com sua família em sua residência por volta das 20h15 de quarta-feira, em Ibitinga (distante 361 km de São Paulo). O gerente chegava em casa quando foi abordado por dois homens armados que o obrigaram a entrar no imóvel, onde estavam sua mulher e filhos. A vítima foi ameaçada e teve que sacar o dinheiro pedido pelos suspeitos da agência. A quantia levada não foi divulgada. A polícia investiga o caso.

Outros quatro suspeitos entraram em seguida. Os bandidos disseram ao gerente que sabiam que ele trabalhava em uma agência bancaria e queriam dinheiro. Um pouco depois, um vigilante que faz segurança na rua tocou a campainha e também foi rendido.

Às 21h30, o bando levou a família do gerente e o vigilante para outro lugar, ameaçando de morte caso ele não levasse o dinheiro ao ponto combinado. Na manhã da quinta-feira o gerente foi à agencia bancaria e sacou todo o dinheiro disponível, colocando-os em sacos de lixo.

Os suspeitos ligaram mandando a vítima dirigir até uma estrada que leva ao município de Araraquara. Na altura do km 6 da rodovia Deputado Dr. Victor Maida, ele foi orientado a parar. Um homem desceu de um Fiat Strada, pegou as sacolas e fugiu.

Por volta das 13h20, o gerente recebeu a informação de que tanto a mulher e filhos, como o vigilante, foram libertados no município de Bueno de Andrade.

A mulher do gerente compareceu a delegacia de polícia de Ibitinga, onde um boletim de ocorrência foi registrado por extorsão mediante sequestro.