Temporal provoca ventos de até 126 km/h no Sul do Brasil

       SÃO PAULO - Uma nova frente fria vinda da Argentina aumentou a nebulosidade e provocou temporais com fortes ventos desde a noite de quarta-feira na região Sul do Brasil, principalmente na porção oeste dos estados. Até as 8h, as rajadas mais fortes medidas pelas estações meteorológicas do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) atingiram 126 km/h, no município de Novo Horizonte (SC), na divisa com o Paraná. As informações são da Climatempo.

Em seguida, os municípios que tiveram os ventos mais fortes foram São Borja, no oeste do Rio Grande do Sul, com 96 km/h, e Foz do Iguaçu (PR), na fronteira com o Paraguai, com 93 km/h. Em Planalto, no sudoeste do Paraná, uma rajada de vento chegou aos 89 km/h. Em Cascavel, na mesma região paranaense, o aeroporto local registrou sucessivas rajadas entre 74 e 81 km/h durante a madrugada, quando nuvens pesadas passaram sobre a cidade e provocaram também chuvas fortes. Em Maringá, no norte do Paraná, durante toda a madrugada e no começo da manhã, o aeroporto local registrou muitas rajadas entre 46 e 68 km/h.

A chegada desta frente fria e o tempo severo sobre o Sul do Brasil vinham sendo previstos desde o início da semana. No decorrer desta quinta-feira ainda vai chover por todo o Sul do Brasil, mas a chuva e os ventos vão diminuindo sobre o Rio Grande do Sul. Em Santa Catarina e no Paraná, ainda há risco de temporais durante a tarde, mas a chuva também tende a diminuir à noite.

A região ainda terá ventos fortes nas próximas 48 horas, por conta de um novo ciclone extratropical que está em formação. A ventania amanhã e durante o fim de semana deve se concentrar nas áreas próximas ao mar. As capitais do Sul, todo o litoral e também as regiões serranas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina estarão sujeitos a ventos fortes, que podem superar os 80 km/h. O mar começa a ficar agitado nesta sexta-feira e as ondas aumentam. Há risco de ressaca nas praias do Sul do Brasil no fim de semana e a temperatura fica baixa em toda a região.