Tânia Bulhões confessa importação ilegal de produtos de luxo

A empresaria Tânia Bulhões, dona de lojas de produtos de luxo em São Paulo e acusada de importação ilegal e de evasão de divisas, confessou os crimes a Justiça nesta quinta-feira. Diante de um juiz, ela disse que tinha uma empresa em um paraíso fiscal no Caribe e que importava produtos de forma ilegal para pagar menos imposto. As informações são do Jornal Nacional.

A loja Tânia Bulhões Home foi alvo de uma operação da Polícia Federal que apontou que muitos produtos importados seriam adquiridos, em média, por um terço do valor real. A confissão faz parte de um acordo com a Justiça, pelo qual ela vai pagar R$ 1,7 milhão de indenização, que serão doados para instituições sociais. Em troca, ela pediu para que a pena não seja de prisão, mas sim de seviços à comunidade.