Em São Paulo, INSS vai pedir reintegração de posse de prédios invadidos

O O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em São Paulo informou nesta segunda-feira que vai pedir a reintegração de posse de dois prédios do órgão invadidos no centro de São Paulo na madrugada de hoje. Outros dois imóveis foram ocupados na região por cerca de 2 mil sem-tetos.

De acordo com o instituto, a solicitação será feita após a elaboração do boletim de ocorrência da invasão dos dois edifícios, localizados na rua Álvaro de Carvalho e na rua Conselheiro Crispiniano. Um dos imóveis, segundo o INSS, é destinado ao programa de arrendamento social do Ministério das Cidades.

Em nota, o grupo Frente de Luta por Moradia assumiu a autoria das invasões. De acordo com o movimento, o grupo que invadiu os prédios é composto por famílias de sem-teto da zona leste de São Paulo e de pessoas que estavam em cortiços e áreas de risco na região central da capital paulista.