Justiça condena ex-seguranças de shopping por morte em Cuiabá

Depois de dois dias de julgamento, Jefferson Luís Medeiros e Ednaldo Belo foram condenados, na noite de quinta-feira, pela morte de um vendedor ambulante em um shopping de Cuiabá, no Mato Grosso. Eles trabalhavam como seguranças no centro comercial e eram acusados do crime ocorrido em agosto de 2009.

Medeiros foi condenado por homicídio triplamente qualificado e deve cumprir pena de 23 anos. Já Belo, foi condenado por agressão seguido de morte e cumprirá 12 anos de cadeia. Outros dois homens que trabalhavam com a dupla foram absolvidos.

Medeiros e Belo eram acusados de espancar o ambulante até a morte. Depois do crime, segundo denúncia apresentada à Justiça, eles retiraram o corpo da vítima do local em um carrinho de lixo. Na época, os acusados ainda registraram uma ocorrência policial como vítimas de uma tentativa de homicídio.