Mais de 300 vão a enterro de menino baleado em escola em São Paulo

O corpo do menino de 9 anos baleado dentro de uma sala de aula em Embu, na quarta-feira, foi enterrado no Cemitério São Paulo, na capital paulista, na tarde desta quinta-feira. De acordo com uma funcionária do cemitério, mais de 300 pessoas acompanharam o velório e o enterro da criança.

O disparo que matou o menino foi efetuado na Escola Adventista, na manhã de ontem. A vítima chegou a ser encaminhada ao hospital, mas não resistiu ao ferimento no abdome. A bala atingiu a coluna cervical do garoto e, segundo informações da Polícia Militar, o médico afirmou que o tiro foi disparado, possivelmente, à curta distância.

Os policiais ainda não têm suspeitos de ser o autor do disparo, mas, segundo um PM, o menino já havia sofrido ameaça de morte de um colega de aula. Na quarta-feira, a polícia ouviu alunos e outras testemunhas.

Conforme a Secretaria de Segurança Pública, foi realizada perícia no local. O laudo tem prazo de 30 dias para ficar pronto. As investigações estão a cargo do Setor de Homicídios da Seccional de Taboão da Serra. A instituição de ensino informou que as aulas foram suspensas até segunda-feira