Após roubos, shoppings pedem delegacia especializada em SP

Só este ano, 14 roubos foram registrados

     SÃO PAULO - Após a ocorrência de 14 roubos a joalherias e lojas de artigos de luxo em shopping centers neste ano, representantes dos estabelecimentos comerciais pediram à polícia de São Paulo a criação de uma delegacia especializada para investigar crimes contra o setor. O pedido, apresentado na quarta-feira, inclui bases policiais nos centros mais visados por ladrões. Desde janeiro, a capital paulista tem média de um roubo a shopping a cada 20 dias. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Segundo Eduardo Oltramari, superintendente do Shopping Total - roubado duas vezes no mesmo dia -, os shoppings deveriam ter um "tratamento diferenciado" devido a sua representatividade. "Em alguns circulam 200 mil pessoas no fim de semana", disse. A iniciativa proposta pelo setor segue o exemplo dos condomínios residenciais. No ano passado, com a onda de arrastões a prédios de classe média, a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo (SSP) criou uma delegacia especializada nesse tipo de crime.