GO: Após queda de helicóptero, candidato a deputado sai ileso

 

O candidato a deputado federal e presidente do PMN em Goiás, Armando Vergilio,saiu ileso de um acidente no helicóptero em que viajava no sábado (25), no interior de Goiás. A aeronave sofreu uma pane, o provocou a sua queda. Após o acidente, Vergílio continuou normalmente as atividades do dia.

O acidente aconteceu por volta das 13h do sábado, no aeroporto da cidade de Novo Gama (177 km de Goiânia), no entorno do Distrito Federal. O candidato já havia visitado outras quatro cidades da região pela manhã e retornaria para a capital, Goiânia, para cumprir outros compromissos da agenda. Na aterrissagem, porém, o motor do helicóptero parou e a aeronave caiu com violência, ficando praticamente destruída.

Apesar da intensidade do choque, Armando, um assessor que o acompanhava e o piloto, nada sofreram. "Foi um verdadeiro milagre. É a única explicação que temos para o fato", acredita Sílvio Sousa, coordenador da campanha de Armando Vergílio.

Segundo Sílvio, a ANAC (Agência Nacional da Aviação Civil) já está fazendo perícia no helicóptero - que foi cedido ao candidato por um apoiador de sua campanha - para descobrir o que causou o acidente. "Não sabemos o que aconteceu, segundo Armando, o helicóptero parou e caiu", detalhou Sílvio Sousa.

Após o incidente, Armando Vergílio, não interrompeu a agenda e veio para Goiânia de avião, onde ainda participou de carreata, das 16h às 18h30, por vários bairros da capital. "Ele estava se sentindo bem e, apesar do susto, não quis decepcionar os apoiadores que o aguardavam aqui", explicou o coordenador Sousa, sobre a atitude de Armando. O candidato, no entanto, recolheu-se em sua residência com sua família logo após a carreata em Goiânia, e não quis falar pessoalmente com a imprensa.