Resultado de perícia sai em 30 dias, diz Playcenter de São Paulo

A direção do parque Playcenter, em São Paulo, divulgou nota nesta sexta-feira em que afirma que o brinquedo Looping Star está "inoperante" desde ontem, quando um acidente deixou 16 pessoas feridas. A montanha-russa foi periciada nesta manhã e o laudo deve ficar pronto em até 30 dias, segundo o perito Ariston Mendro.

O acidente ocorreu na tarde de quinta-feira, quando um carrinho do brinquedo Looping Star, que dá um looping a uma velocidade de 90 km/h, colidiu com o da frente, machucando crianças.

Apesar da interdição do brinquedo, o parque continua funcionando normalmente. Segundo informações da assessoria do Playcenter, as crianças foram encaminhadas para o Hospital e Maternidade Metropolitano, sendo que 15 já foram liberadas. Uma menina de 11 anos continua internada nesta sexta-feira e passa bem. Ela foi submetida a uma cirurgia de renoplastia não-estética e deve ter alta até o fim desta tarde. "Todos, sem exceção, estão recebendo suporte pessoal e financeiro para custeio de despesas médicas", diz o parque em nota.

Segundo a direção do Playcenter, todos os equipamentos do parque, incluindo o Looping Star, são vistoriados diariamente, com check list para liberação de funcionamento. A cada semestre, uma empresa terceirizada faz revisões para certificar a segurança e capacidade de operação dos brinquedos.