SP: jovem baleado por PM tem morte cerebral

SÃO PAULO - Um jovem estudante de 17 anos, baleado no final da tarde desta quarta-feira, não resistiu e morreu no início da madrugada de hoje. Ele teria sido atingido por um tiro disparado acidentalmente por uma policial militar, enviada para conter um tumulto em frente a uma escola da Zona Sul de São Paulo. As informações são da rádio CBN. No local, a PM teria sido cercada por pessoas que tentavam retirar sua arma. Baleado, o estudante foi encaminhado ao hospital M'Boi Mirim, e depois ao de Clínicas, onde veio a falecer por morte cerebral. A PM foi autuada em flagrante por lesão culposa. A Polícia abriu um inquérito sobre o caso.