Medição de poluição em São Paulo pode ser mais rigorosa em 2011

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) informou que está em estudo uma medição mais rigorosa da qualidade do ar. De acordo com o órgão estadual, os critérios podem seguir os padrões sugeridos pela Organização Mundial da Saúde. Ainda de acordo com a Cetesb, um grupo de trabalho está reunido e deve ter até o final do ano um resultado.

O grupo de estudos deve revisar a política de redução de emissões de poluentes atmosféricos em conjunto com os padrões de qualidade do ar, adotando-se metas progressivas mais rígidas. Se aprovados os novos critérios, o Brasil se tornaria o primeiro país a adotar os padrões da OMS.