Polícia prende suspeito de atirar em carteiro em Florianópolis

 

 

 

 

 

 

 

A Polícia Civil prendeu no final da tarde de terça-feira o homem suspeito de atirar contra um carteiro que entregava correspondências em Florianópolis (SC), na última quarta-feira, dia 15.

 

Segundo as informações divulgadas pela polícia, o suspeito, de 32 anos, foi encontrado escondido na casa de parentes em São José, cidade localizada na região metropolitana de Florianópolis. Ele estava em liberdade condicional e já havia sido condenado por participação em um homicídio, há dez anos.

 

A identidade do homem não foi divulgada. Em depoimento ao delegado Ênio Mattos, ele alegou legítima defesa.

 

A confusão começou depois que o carteiro Cláudio José Dias, 37 anos, usou um capacete para atingir um cão que o teria atacado. Ele foi agredido e levou um tiro no tórax. Por sorte, o projétil não atingiu nenhum õrgão vital da vítima, que continua internada mas não corre risco de vida. Os Correios suspenderam as entregas em parte do bairro do Campeche depois do incidente.