Polícia afirma que menino de 11 anos aliciava garotas para grupo pedófilo

A Polícia Civil de Gravatá (PE) prendeu seis suspeitos de integrar uma rede de pedofilia na quarta-feira no distrito de Uruçu-Mirim. Dentre os presos estão dois homens de 82 anos. Eles teriam abusado de sete a 12 menores de 10 a 15 anos desde o ano passado. Segundo a delegada Alessandra Brito, o grupo ainda usava um menor de 11 anos para combinar os encontros das jovens com os acusados.

A polícia recebeu uma denúncia Conselho Municipal de Defesa da Criança e do Adolescente há três meses. Uma das vítimas, de 13 anos, estaria grávida.

Todos os presos foram encaminhados à prisão do município de Vitória e estão presos preventivamente por 30 dias.