Falha em estação deixa SP sem medição oficial de umidade

JB Online

S O PAULO - O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) de São Paulo abandonou desde segunda-feira as medições de umidade da estação automática do Mirante de Santana, na zona norte, adotada como padrão na cidade. Técnicos do CGE foram alertados pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) de que a estação meteorológica não estava "confiável". As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Desde segunda-feira, o CGE passou a divulgar valores de umidade relativa do ar registrados em outras estações. A mudança impede a comparação histórica e a aferição de possíveis novos recordes. Na terça-feira, a umidade mais baixa divulgada pelo órgão, registrada no aeroporto do Campo de Marte, também na zona norte, foi de 21%. Na estação automática do Mirante de Santana, esse valor ficou em 19% - o que definiria estado de alerta. Na segunda, o CGE apurou umidade de 15%, enquanto a estação do Inmet registrava 12%, no limite do estado de emergência. Ao todo, o CGE tem nove estações, além de monitorar as medições dos aeroportos.