Em debate, deputados cobram mais fiscalização da Anatel

Thaís Sabino, Portal Terra

S O PAULO - A garantia dos direitos dos clientes foi assunto do debate sobre tecnologia, realizado e transmitido pelo Terra , na manhã desta quinta-feira (9). O deputado Jorge Bittar (PT-RJ) cobrou maior fiscalização da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) sobre as empresas de telefonia e atuação forte do Procon para que exista qualidade nos serviços de internet de banda larga e TV por assinatura. "Precisamos de atuação forte do Procon e mais fiscalização da Anatel, que seja permanente", disse Bittar.

Segundo ele, a maioria das reclamações dos consumidores é relacionada às teles, principalmente, quando as pessoas tentam resolver o problema pelo teleatendimento e passam horas sem receber uma solução, segundo ele. "Precisamos melhorar o atendimento aos consumidores", disse.

O deputado Julio Semeghini (PSDB-SP), quem também participou do debate, rebateu as críticas de Bittar. Semeghini disse que há dois anos "o Brasil não sabia o que era internet banda larga, quando comprava uma velocidade e mesmo assim a internet estava lenta, não era uma coisa bem conhecida", o que tornava difícil a fiscalização. Segundo ele, neste ponto, houve avanços.

O problema apontado pelo deputado foi a falta de eficiência na aplicação de multas. Semeghini afirmou que às vezes a Anatel multa e a empresa recorre do processo por vários anos. "Precisamos garantir que as multas ofereçam prejuízo às empresas e sejam aplicadas da forma correta", completou.