Alagoas prorroga calamidade pública de 15 cidades por enchentes

Mirelle Irene, Portal Terra

ALOGAS - Quase três meses após as enchentes que deixaram milhares de desabrigados em Alagoas, o governo publicou nesta quarta-feira, no Diário Oficial, a prorrogação por mais 90 dias dos decretos de calamidade pública de 15 cidades do Estado e de emergência de outros quatro municípios. A decisão vale a partir de 21 de setembro.

O governo justificou a decisão pela "permanência da necessidade de ações imediatas, que venham a superar as anormalidades existentes nos municípios". As chuvas no Estado deixaram mais de 26,6 mil desabrigados e 26 mortos em junho.

Com a medida, permanecem em calamidade pública os municípios de Quebrangulo, Santana do Mundaú, Joaquim Gomes, São José da Laje, União dos Palmares, Branquinha, Paulo Jacinto, Murici, Rio Largo, Viçosa, Atalaia, Cajueiro, Capela, Jacuípe e Satuba. Em emergência, estão as cidades de Jundiá, São Luiz do Quitunde, Matriz de Camaragibe e Ibateguara.