Secretaria de São Paulo sugere restrição voluntária do uso de carros

Portal Terra

S O PAULO - A Secretaria Estadual do Meio Ambiente e a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) divulgaram nota, nesta quinta-feira, em que pedem a restrição voluntária ao uso de automóveis particulares até que a qualidade do ar volte a níveis aceitáveis em São Paulo. Na tarde de hoje, a umidade relativa do ar em São Paulo chegou a 14%, o que motivou o decreto de estado de alerta.

As sugestões da secretaria incluem a sugestão de adotar o sistema de caronas para reduzir o número de veículos em circulação e, assim, evitar o agravamento do acúmulo de poluentes, que têm dificuldades de dispersão no ar seco. Outras recomendações são evitar atividades ao ar livre, aglomerações, manter umidificados os ambientes fechados e não queimar lixo.

Segundo a secretaria, porém, apesar de desconfortável, a situação está sob controle. "Existem medidas previstas para serem adotadas com base nos níveis observados de material particulado e ozônio, estabelecidas no Decreto Estadual nº 28.313, de 04/04/88. A situação atual, comum nesta época do ano, está, portanto, sob controle e não há a necessidade de se tomar medidas mais drásticas que objetivariam evitar iminentes riscos à saúde da população", diz a nota.