MP descobre esquema que sonegou R$ 100 mi com medicamentos

Portal Terra

DA REDAÇ O - Uma operação contra a sonegação fiscal na compra e distribuição de medicamentos, que teria causados prejuízos estimados em R$ 100 milhões, foi realizada nesta quinta-feira em seis Estados por agentes do Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC), vinculado ao Conselho Nacional de Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União.

Foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão em unidades de uma empresa nos Estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Pernambuco e Goiás. A operação foi planejada durante o último encontro do GNCOC, que aconteceu em Florianópolis (SC), em março. Foram envolvidos 19 promotores de Justiça, 78 auditores fiscais e 53 policiais civis e militares.

Segundo a investigação, a empresa emitia notas parciais, o que resultava no pagamento de impostos abaixo do valor devido. As mercadorias eram carregadas por transportadores autônomos que, por orientação da distribuidora, buscavam rotas alternativas e vicinais, como forma de evitar a fiscalização nos postos fiscais. As notas eram devolvidas à empresa assim que o destinatário recebia o produto e não eram registradas nas farmácias compradoras.