Motoristas enfrentam lentidão nas rodovias de São Paulo após feriadão

Portal Terra

S O PAULO - Os motoristas que voltaram para a capital paulista após o feriado de 7 de Setembro encontravam pontos de lentidão e excesso de veículos nas rodovias que fazem ligação entre a cidade e o interior. Nos demais acessos, o trânsito era intenso, mas sem pontos paralisação, na noite desta terça-feira.

O tráfego na rodovia Fernão Dias, que liga os Estados de São Paulo e Minas Gerais, é intenso, mas sem pontos de parada, na noite desta terça-feira, tanto para quem segue na pista norte (sentido Belo Horizonte) quanto na pista Sul (sentido São Paulo).

Segundo a Autopista Régis Bittencourt, concessionária que administra a rodovia, o motorista encontrava tráfego normal, na tarde desta terça-feira, tanto no sentido São Paulo quanto no sentido Curitiba.

Na Presidente Dutra, o tráfego estava congestionado entre os kms 64 e 67, em Guaratinguetá, por obras na pista que liga o Rio de Janeiro a São Paulo. No mesmo sentido, o motorista encontra congestionamento na região de Taubaté, entre os kms 109 e 110, pelo excesso de veículos.

Em direção ao Rio de Janeiro o trânsito estava congestionado entre os kms 331 e 328, por causa de um acidente, em Nova Iguaçu. O excesso de veículos, na região de Belford Roxo, causava lentidão de 1 km, na altura do km 171.

Na rodovia Ayrton Senna o tráfego era lento com um ponto de lentidão, no sentido São Paulo, do km 25 ao km 20, na região de Guarulhos, pelo excesso de veículos. Em direção a Taubaté, o trânsito seguia normal.

As rodovias Carvalho Pinto e Hélio Smidt, que dão acesso ao aeroporto de Cumbica, tinham tráfego tranquilo.

Nas rodovias litorâneas e no acesso a Campos do Jordão, segundo informações do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de São Paulo (DER), as rodovias Floriano Rodrigues Pinheiro e Mogi-Bertioga apresentavam tráfego normal. Já na rodovia dos Tamoios e Oswaldo Cruz havia trânsito intenso ao longo da extensão.

O excesso de veículos provocava tráfego lento na rodovia Cônego Domênico Rangoni, do km 248 ao km 265. No trecho de serra, o tráfego era bom nos dois sentidos, já no planalto o tráfego era intenso.

A rodovia Anchieta-Imigrantes registrou 741 veículos seguindo na direção do litoral e 6.375 na direção contrária, segundo dados da Ecovias, concessionária que administra a via.

Na rodovia dos Bandeirantes, havia excesso de veículos na altura do km 60, no sentido interior capital, no acesso da rodovia Dom Gabriel para a Bandeirantes. Em virtude de uma interdição no local, a alternativa para São Paulo era pela rodovia Anhanguera.