Miss Brasil venceu 26 e agora tem a tarefa de desbancar 82

Portal Terra

BELO HORIZONTE - Ela desbancou 26 concorrentes para chegar ao Miss Universo e, na noite desta segunda-feira, a partir das 22h, terá uma tarefa um pouco mais difícil. A capixaba Débora Lyra, 20 anos, que venceu o Miss Brasil representando Minas Gerais, tem agora 82 oponentes que, assim como ela, se prepararam e vão dar o melhor de si para vencer o concurso.

Para chegar ao título de Miss Brasil, Débora acordava todos os dias às 5 horas, malhava, fazia tratamentos estéticos e ia à aula (ela é estudante de Jornalismo). Depois dirigia cerca de 1 hora e meia de Divinópolis, onde mora, até Belo Horizonte, para mais tratamentos estéticos. E, depois de vencer, precisava não só continuar a rotina, como complementá-la, já que era essencial perder cinco quilos (e chegar a 55) para ter chances de vitória no Miss Universo.

Depois de ser coroada no Brasil, na noite de 9 de maio, Débora disse que o título era uma recompensa pelos dois anos de preparação, que incluíram três meses nos Estados Unidos para aprender inglês - o que parece ter surtido efeito para o Miss Universo, já que na entrevista oficial do concurso, que está na internet, ela parece se comunicar muito bem na língua estrangeira. No período em que esteve fora, chegou também a pedir dicas para a cabeleireira de Michael Jackson, que lhe indicou um tom mais escuro para o cabelo.

Conforme ela mesma diz na entrevista online, seu sonho de ser miss começou aos 12 anos, quando iniciou nas passarelas. Representou Minas Gerais no concurso nacional a convite do projeto Casa Moda Brasil, que há algum tempo vem investindo na moça porque seus diretores viram nela não só a vontade, mas também o potencial para ser uma Miss Universo.

Débora acha que ser miss é uma oportunidade de representar o Brasil no exterior, como fazem outras pessoas. "É a chance de uma mulher bonita representar o Brasil, sua cultura", afirma.