Defesa de Alencar recorre contra reconhecimento de paternidade

Portal Terra

BELO HORIZONTE - A defesa do vice-presidente da República, José Alencar, 78 anos, recorreu ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais contra a decisão que determinou o reconhecimento da paternidade da professora aposentada Rosemary de Morais, 55 anos. Ela seria fruto de um relacionamento com uma enfermeira mineira na década de 50. As informações são da rádio Jovem Pan.

Os defensores de Alencar recorreram contra a decisão proferida pelo juiz da Comarca de Caratinga, que determinou reconhecimento da paternidade alegando que a deliberação contraria as provas apresentadas. De acordo com o advogado do vice-presidente, José Diogo Bastos Neto, o caso só deve ser analisado pela corte em 2011, e Alencar não fará exame de DNA.