Caso Mércia: Justiça marca 1ª audiência para outubro

Hermano Freitas, Portal Terra

S O PAULO - O Tribunal de Justiça (TJ) de São Paulo marcou para o dia 18 de outubro, às 9h, a audiência para o início da instrução do processo que julga o advogado Mizael Bispo de Souza e o vigia Evandro Bezerra Silva pela morte da advogada Mércia Nakashima. O TJ rejeitou o pedido da defesa dos réus para transferir o processo de Guarulhos para Nazaré Paulista. Cabe recurso e reanálise para a decisão de manter o processo na Justiça guarulhense.

A dupla é acusada do homicídio qualificado da advogada e nega as acusações. Os dois aguardam o julgamento em liberade.

De acordo com o promotor Rodrigo Merli Antunes, o advogado de defesa de Mizael foi ainda multado em dois salários mínimos por ter alegado cerceamento de defesa ao declarar não ter tido acesso aos autos.

O Caso

A advogada Mércia Nakashima, 28 anos, desapareceu no dia 23 de maio e foi encontrada morta no dia 11 de junho em Nazaré Paulista, no interior de São Paulo. Ela teria sido assassinada pelo ex-namorado e policial aposentado, Mizael Bispo de Souza, que não aceitaria o fim do relacionamento. Rastreamento de chamadas telefônicas feito pela polícia com autorização da Justiça colocariam os dois na cena do crime, de acordo com as investigações. Mizael e o vigia Evandro Bezzerra Silva são considerados pela Polícia Civil os principais suspeitos do crime. Eles negam as acusações.