Brasil tem mais de 12 mil focos de incêndio no fim de semana

Portal Terra

DA REDAÇ O - O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) contabilizou entre as 21h de sexta-feira e as 04h30 de domingo, 12.331 focos de incêndio em todo o País, segundo informações da agência meteorológica Climatempo. O Estado com mais registros é Mato Grosso, com 3.130 focos observados.

Em segundo lugar, o Pará teve 2.986 registros no mesmo período. Em seguida, vem o Estado de Rondônia, com 1.486 focos. De acordo com a Climatempo, a previsão é de tempo seco no decorrer desta semana, condição favorável ao alastramento das queimadas, principalmente no centro do País.

Segundo meteorologistas, massas secas são comuns nesta época do ano. A circulação dos ventos em todos os níveis da atmosfera impede a formação de nuvens de chuva e dificulta o avanço de frentes frias sobre o Brasil. Em 2010, entretanto, houve uma redução antecipada das chuvas sobre o centro-oeste, no interior de São Paulo e da Bahia, em Minas Gerais, no Tocantins, no Acre, em Rondônia e no sul do Amazonas e do Pará.

Em todas estas áreas as últimas chuvas significativas ocorreram durante o mês de abril e, desde maio, tem predominado o tempo mais seco. A ausência de chuva, a baixa umidade relativa do ar e o vento têm contribuído para um grande aumento dos focos de queimadas sobre o Brasil durante o ano de 2010, comparativamente com o ano passado.

Mudança no Sul

No Rio Grande do Sul, o tempo começa a mudar a partir de terça-feira com a chegada de uma frente fria, que diminui a temperatura. A previsão é de muita chuva, pelo menos até a sexta-feira.

Na terça-feira, Porto Alegre (RS) tem sol e aumento de nuvens e pancadas de chuva ao longo do dia. Nas demais áreas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, a nebulosidade aumenta, faz calor e não chove.