Polícia Federal busca oito suspeitos de assaltos em SP

Portal Terra

S O PAULO - A Polícia Federal em São Paulo realizou nesta quinta-feira a Operação Invasão, que pretende cumprir oito mandados de prisão preventiva e 14 de busca e apreensão nos municípios de Guarulhos e Itanhaém contra integrantes de uma quadrilha armada que, entre outros crimes, atuava na invasão de prédios públicos e privados, arrombamento de caixas eletrônicos e tráfico de entorpecentes. Até por volta das 10h, a polícia não tinha o número de pessoas presas.

As investigações tiveram início em decorrência da invasão da Agência da Previdência Social de Guarulhos, no dia 2 de maio, poucos dias após a deflagração da Operação Evidência, realizada em 27 de abril, que resultou na prisão de 13 pessoas, entre elas um servidor público da agência.

Na invasão da agência, indivíduos armados fizeram reféns os seguranças e permaneceram no local por cerca de oito horas. Os assaltantes não conseguiram arrombar o caixa eletrônico, mas levaram celulares, uniformes e as armas dos vigilantes, além da CPU com a gravação do circuito interno de monitoramento da agência.

Com os trabalhos de inteligência da PF em São Paulo, iniciados em maio, já foi possivel desarticular uma quadrilha composta por nove pessoas, entre elas dois vigilantes de empresas privadas, voltada à prática de crimes contra o patrimônio público e privado. Há indícios de que os presos pertençam à facção criminosa PCC.