PM suspeito de sequestrar e matar jovem é preso em SP

Portal Terra

S O PAULO - O cabo da Polícia Militar de São Paulo Wanderlei Aparecido Pedroso teve prisão temporária de 15 dias decretada na quinta-feira por suspeita de envolvimento na morte de um adolescente de 15 anos cujo corpo foi encontrado na terça-feira. A prisão foi ordenada pela juíza Maria Paula Cassone, do 3° Tribunal do Júri, e o PM foi levado ao Presídio Militar Romão Gomes.

Segundo reportagem do jornal Folha de S.Paulo, o jovem foi sequestrado e executado com seis tiros no rosto, em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo. Ele foi gravado por câmeras de segurança ao ser levado por dois homens, há uma semana, e uma testemunha reconheceu fotograficamente o cabo como um dos homens que carregavam o adolescente. A suspeita é que o jovem estivesse envolvido em furtos na cidade e que teria tentado cometer o crime em um mercado de um PM.

Em nota, a PM informou ainda que outros dois policiais que teriam participado da execução estão recolhidos administrativamente na Corregedoria da corporação.