PF prende três pessoas em ação contra venda de madeira ilegal no Sul

Portal Terra

PORTO ALEGRE - A Polícia Federal (PF) realiza ação, nesta quarta-feira, contra a venda de madeira ilegal nos estados do Sul do país. A Operação Acuti tem o objetivo de cumprir quatro mandados de busca e apreensão e diversos mandados de prisão. Três suspeitos já foram detidos, mas a PF ainda não confirma quantas prisões tem o objetivo de realizar, para não prejudicar o andamento da operação.

O objetivo da PF é coibir a venda e o transporte de madeira cuja extração é ilegal. As ordens judiciais foram emitidas para os municípios de Três Cachoeiras (RS), Sombrio e Jacinto Machado (SC), e Marabá (PA).

A investigação começou em abril deste ano na Delegacia de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente da PF do Rio Grande do Sul, com foco na extração e demais atos de comércio que envolvem espécies sob extinção na região amazônica, especialmente a Castanheira. A madeira extraída abastecia uma empresa de fabricação de carrocerias de caminhão.

Durante a fase de investigação foram apreendidos documentos de Origem Florestal, Notas Fiscais e Guias Florestais, com indícios de falsidade. Também foram apreendidos 100m³ de madeira de castanheira e dois caminhões empregados no transporte.