Pesquisa Ibope mostra que Dilma empatou com Serra no RS

Portal Terra

PORTO ALEGRE - A candidata do PT à presidência da República, Dilma Rousseff, alcançou o tucano José Serra no Rio Grande do Sul. A mudança está apontada em nova pesquisa Ibope encomendada pelo Grupo RBS de comunicação e divulgada na tarde deste sábado. Pelo levantamento, Dilma aparece com 42% das intenções de voto, enquanto Serra tem 40% e Marina Silva (PV) 5%. Brancos e nulos são 3% e indecisos 9%.

Os números caracterizam empate técnico entre Dilma e Serra, já que a pesquisa tem margem de erro de três pontos percentuais, mas são comemorados pelos apoiadores de Dilma porque representam uma virada: em todas as pesquisas anteriores ela aparecia atrás de Serra; e o Sul vinha sendo considerado uma espécie de reduto tucano. Na pesquisa anterior do Ibope medindo as intenções de voto dos gaúchos para a presidência, realizada no início de julho, Dilma tinha 37% e Serra 46%.

Na pesquisa atual, realizada entre os dias 3 e 5 de agosto, Dilma obtém seu melhor resultado entre os homens (46%). Entre as mulheres fica com 39%. Já Serra fica com 42% entre as mulheres e com 37% entre os homens. No que diz respeito a situação econômica, a petista vai melhor (46%) entre os entrevistados com renda familiar entre dois e cinco salários mínimos. Serra fica com 41% entre eleitores com renda familiar acima de cinco mínimos.

A pesquisa Ibope também mediu as intenções de voto para o governo do Estado. Nesta Tarso Genro (PT) mantém a liderança, com 37%, José Fogaça (PMDB) continua em segundo lugar, com 31%, e a governadora Yeda Crusius (PSDB), candidata à reeleição, tem 11%. Pedro Ruas (PSol) e Carlos Scheneider (PMN) têm 1% cada. Os outros cinco candidatos não pontuaram. Brancos e nulos são 5% e, indecisos, 14%. Como a margem de erro é de três pontos percentuais, o levantamento aponta empate técnico entre Genro e Fogaça.

Apesar de os três principais candidatos ao Palácio Piratini manterem as posições anteriores, há alteração nos números. Genro tinha 39% na pesquisa do Ibope realizada no início de julho. Fogaça 29% e Yeda 15%. No que se refere à rejeição dos candidatos, a governadora segue apresentando o maior índice: tem 41%. Genro tem 10% e Fogaça 5%.

A pesquisa entrevistou 812 eleitores entre os dias 3 e 5 de agosto. Está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número 35.561/2010 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 21.914/2010.