PA: polícia prende suspeitos de matar adolescente em ritual

Portal Terra

BELÉM - A Polícia Civil do Pará prendeu dois jovens e apreendeu dois menores suspeitos de envolvimento na morte de uma adolescente de 16 anos, ocorrida em julho deste ano, em Belém. A polícia investiga a possibilidade de o crime ter sido cometido durante um ritual de vampirismo.

Segundo a polícia, Cintia da Silva Oliveira foi encontrada morta no dia 21 de julho em uma cova rosa em um cemitério desativado no bairro do Benguí, na periferia de Belém. Após terem a prisão preventiva decretada pela Justiça, Ezequiel Abreu Calado e Nancy Danielly da Silva Amorim, ambos de 18 anos, foram levados para a sede do Complexo da Polícia Civil. Um adolescente de 15 anos e uma garota de 16 anos também foram detidos.

Em depoimento, Nancy admitiu ter atraído a vítima até o encontro de Ezequiel, que levou a adolescente até o antigo cemitério do Benguí, onde a teria matado. As circunstâncias da morte e a motivação do crime ainda são investigadas.

Segundo a polícia, os acusados já haviam sido ouvidos em depoimento anteriormente, mas o surgimento de uma gravação feita por um internauta do Rio Grande do Sul agilizou as investigações. Na gravação, obtida por uma emissora de TV, o internauta conversa com uma pessoa, que seria Ezequiel, que confessa a autoria da morte da jovem e dá detalhes sobre o crime, sugerindo que o assassinato fazia parte de um ritual de vampirismo.

As imagens serão enviadas para a perícia. Com os acusados, a polícia encontrou uma máscara e objetos que sugerem envolvimento com movimentos ocultistas.

Os adolescentes foram encaminhados à Divisão de Atendimento ao Adolescente (DATA), onde ficaram recolhidos em uma unidade da Funcap. Já Nancy foi transferida ao Centro de Recuperação Feminino, em Ananindeua. Ezequiel está recolhido provisoriamente na seda da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) à disposição da Justiça.