Marina adere a doações de campanha pela internet

Agência Brasil

BRASÍLIA - A candidata à Presidência pelo Partido Verde, Marina Silva, aderiu às doações financeiras feitas diretamente pelo cidadão, via internet, que ficaram mundialmente conhecidas na campanha do atual presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Já está em funcionamento desde sexta-feira, na página virtual da candidata, um link para quem desejar repassar recursos à campanha de Marina. Ela lança oficialmente a Maratona de Arrecadação, ao meio-dia, em São Paulo.

As doações, no entanto, só poderão ser feitas por pessoas físicas. Na página, existem opções de doações que vão de R$ 5 a R$ 100. Quem desejar enviar à campanha quantia superior a R$ 100 terá que especificá-la no item outro valor .

Os pagamentos serão feitos por cartões de crédito das bandeiras Visa e Mastercard. Na página, assessores de Marina esclarecem que os recursos doados por internautas serão usados para pagar as despesas de campanha da candidata.

Para efetivar o repasse financeiro, o internauta terá que preencher um formulário com dados pessoais: número da carteira de identidade, CPF, endereço, entre outros. No cadastro, o doador tem que aceitar um termo de doação, onde compromete-se com uma série de exigências.

Uma delas é que, no caso de doações por cartão de crédito, obrigatoriamente ele terá que ter sido emitido no Brasil e, jamais ser um cartão corporativo ou emitido por qualquer órgão do governo. As doações serão limitadas a 10% do rendimento declarado pelo doador no Imposto de Renda de 2009 e deverão ser colocadas na declaração de 2010, a ser feita em 2011.