Homem é preso ao entrar em motel com deficiente mental em SP

Portal Terra

S O PAULO - Um montador, 42 anos, foi preso em flagrante por estupro de vulnerável e cárcere privado, na noite de domingo, em Carapicuíba, na Grande São Paulo. Ele foi surpreendido com uma adolescente, 15 anos, que tem deficiência mental, no momento em que entrava com a jovem em um motel. A garota estava desaparecida desde a manhã de sexta-feira quando o suspeito a abordou, nas imediações de uma escola.

O pai da estudante procurava pela menina desde quando ela foi para a escola e desapareceu. De acordo com a polícia, no domingo , por volta das 19h30, ele viu a filha, acompanhada por um desconhecido, no momento em que entravam em um motel, na avenida Inocêncio Seráfico. O pai da jovem ligou para a Polícia Militar e logo uma viatura estava no local.

Segundo a polícia, assim que a viatura estacionou em frente ao motel, o montador saiu correndo pela avenida, deixando a jovem no estabelecimento. Ao ser detido, falou que não tinha feito nada com a adolescente, porque não conseguiu entrar no quarto. A jovem relatou que estava em companhia do montador desde a manhã de sexta-feira, pouco antes de entrar na escola, quando foi abordada por ele, que a convenceu a acompanhá-lo. Na noite de sexta-feira e no sábado, teriam mantido relações sexuais num motel no bairro da Lapa, na zona oeste da Capital.

O pai da menina e mais dois parentes, que compareceram ao plantão do 1º Distrito Policial de Carapicuíba, afirmaram que ela tem deficiência mental - sua idade mental é de uma criança de 8 anos. O delegado plantonista solicitou exame de sexologia forense para a vítima e determinou a autuação em flagrante do montador por estupro de vulnerável e cárcere privado. O suspeito permanece na própria carceragem pública do 1º DP, onde ficará aguardando decisão da Justiça.