Governo de SP suspende gratificação a alunos de reforço

Portal Terra

S O PAULO - A Secretaria Estadual de Educação de São Paulo decidiu adiar a implantação do projeto Multiplicando o Saber, que previa pagamento de R$ 50 e R$ 115, respectivamente, a alunos da rede pública de ensino que fizessem e dessem aulas de reforço de matemática.

Segundo a assessoria de imprensa da pasta, a entrega do benefício foi adiada temporariamente porque o projeto "gerou certa polêmica". Uma reunião está marcada para esta tarde para que o projeto seja revisto.

O programa é um projeto-piloto da Secretaria em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Organizações Não-Governamentais, professores da Universidade de São Paulo (USP), e pesquisadores da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE).