Governador pede proteção a desembargador baleado em SE

Portal Terra

SERGIPE - O governador do Sergipe, Marcelo Déda (PT), pediu nesta quarta-feira ao secretário de Segurança João Eloy de Menezes que ofereça proteção ao desembargador Luiz Mendonça, presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE), que sofreu um atentado hoje. A orientação de Déda se estende à família de Mendonça e foi divulgada pelo governador em sua página na rede de microblogs Twitter.

O desembargador e seu motorista, o cabo Jailton Batista, sofreram um atentado a tiros enquanto passavam pelas avenidas Beira Mar e Silvio Teixeira, zona sul de Aracaju. Mendonça foi atingido por um tiro de raspão no ombro e não corre risco de vida. O estado de saúde do motorista é gravíssimo.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, um carro teria encostado na via e cerca de quatro homens dispararam tiros de pistola contra o presidente do TRE e o motorista. As vítimas trafegavam em um Fiat Línea preto de placa oficial PJ 07 quando os homens, que estavam dentro de um Honda Fit prata, dispararam mais de 30 tiros, como contaram testemunhas.