Dupla da Rocinha é presa com cartões clonados em São Paulo

Portal Terra

S O PAULO - A Polícia Civil de São Paulo, por meio de integrantes da Delegacia de Repressão ao Estelionato do Deic (Departamento de Investigações sobre Crime Organizado), prendeu dois homens envolvidos num esquema de fraude em cartões de crédito. A dupla, moradora da Rocinha, Rio de Janeiro, recebia informações com os dados cadastrais de clientes das instituições financeiras. Eles foram presos no final da noite desta terça-feira quando retiravam, pelo menos, 100 ingressos em uma casa noturna na Vila Olímpia, Zona Sul. O valor do prejuízo atingiria R$ 20 mil.

O delegado Márcio Tossati explicou que o atendente Aquiles Rodrigues de Souza, de 18 anos, e o moto-taxista Francisco Luis Pereira Souza, de 23, recebiam os dados de clientes bancários de um frentista. "O funcionário de um posto de gasolina em Jacarepaguá capturava as informações e senhas. Depois fornecia aos dois", disse o delegado.

A dupla aproveitava as informações para realizar compras de produtos e ingressos para espetáculos internacionais. As entradas para os shows eram vendidas aos cambistas pela metade do preço.

A equipe da Delegacia de Repressão ao Estelionato foi alertada sobre o golpe. Os policiais detectaram uma grande movimentação dos golpistas junto à casa de espetáculos, localizada na rua Funchal. Os investigadores acompanharam a ação dos acusados. Dois foram presos e um terceiro conseguiu fugir. Um Fiat Palio Weekend foi abandonado no local.

O delegado Tossati autuou os dois por estelionato e uso de documento falso.