Detentos usarão tornozeleira a partir desta semana no RS

Portal Terra

RIO GRANDE DO SUL - A Superintendência de Serviços Penitenciários do Rio Grande do Sul (Susepe) anunciou, nesta segunda-feira, que iniciará, nesta semana, o uso de tornozeleiras em 200 presos do regime aberto. O perfil dos detentos foi definido pela Vara de Execuções Criminais.

Segundo o superintendente da Susepe, Mario Santa Maria Junior, a lista foi elaborada com detentos de Porto Alegre e Novo Hamburgo (região metropolitana). Deverão usar a tornozeleira, os presos que tiveram bom comportamento, não praticaram crimes hediondos e que estavam aptos à convivência com a sociedade.

O processo de colocação das tornozeleiras foi acelerado em virtude de um incêndio ocorrido no Instituto Penal Irmão Miguel Dario. Segundo Santa Maria, muitos dos detentos foram colocados em liberdade provisória.

Para o fornecimento das tornozeleiras, foi elaborado um contrato emergencial com a Empresa Brasileira de Segurança, de Pernambuco, responsável pelos testes realizados com 15 presos, no mês de julho. Cada aparelho custará R$ 500. De acordo com o superintendente, o custo mensal de um preso é de R$ 700.

Os detentos serão monitorados por dois terminais na Susepe e outros dois equipamentos no Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP). O edital para a compra dos equipamentos deve ser publicado no próximo mês.