Conferência mundial discute transparência do Poder Judiciário

Agência Brasil

BRASÍLIA - O corregedor nacional de Justiça, ministro Gilson Dipp, participa nesta quarta-feira, às 15h, da 1ª Conferência Mundial sobre Transparência, Ética e Prestação de Contas dos Poderes Judiciários. O encontro, que será aberto às 9h no auditório do Superior Tribunal de Justiça (STJ) em Brasília, reúne cerca de 200 autoridades, entre magistrados e pesquisadores, das Américas, da Europa e da África.

Gilson Dipp fará palestra sobre a transparência como instrumento-chave da gestão judicial.

A conferência é resultado de uma parceria entre o STJ, o Conselho da Justiça Federal (CJF) e o Instituto Banco Mundial. O objetivo é permitir o intercâmbio de experiências bem-sucedidas adotadas em tribunais de diferentes países que contribuíram para aproximar o Judiciário do cidadão.

Durante o seminário, que vai até amanhã (5), serão apresentadas iniciativas de transparência e prestação de contas de cinco países: Brasil, Chile, Costa Rica, Paraguai e Uruguai.

Logo após a abertura da conferência, será entregue a primeira edição internacional do Prêmio Innovare. Iniciativa do STJ, do Instituto Innovare e da Cúpula Judicial Ibero-Americana, o prêmio divulga experiências bem-sucedidas de gestão e modernização da Justiça.