RS: Rigotto e Paim têm empate técnico na disputa ao Senado

Portal Terra

PORTO ALEGRE - Com 41% das intenções de voto, o ex-governador Germano Rigotto (PMDB) está tecnicamente empatado com o candidato à reeleição Paulo Paim (PT), que apresenta 37%, na disputa ao Senado no Rio Grande do Sul, conforme a pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira.

Rigotto aparece quatro pontos à frente de Paim, mas considerada a margem de erro da pesquisa, de três pontos percentuais para mais ou para menos, o resultado configura empate técnico. Ana Amélia Lemos (PP) aparece em terceiro lugar com 33%. Rigotto e Ana Amélia são candidatos únicos em suas coligações. Paim tem como companheira de chapa Abgail Pereira (PCdoB). Neste ano o Estado renova duas de suas três vagas para o Senado, o que significa que serão eleitos dois nomes.

Em quarto lugar na pesquisa aparecem empatados os candidatos José Schneider (PMN) e Vera Guasso (PSTU), ambos com 4%. Luiz Carlos Lucas (PSol), Marcos Monteiro (PV) e Roberto Gross (PTC) têm 2% cada. Abgail Pereira (PCdoB), Berna Menezes (PSol) e Paulo Sanches (PCB) têm 1% cada. Brancos e nulos são 12% e, indecisos, 60%. A soma dos percentuais totaliza 200% porque o eleitor votará em dois candidatos.

Por regiões, Paim está melhor na capital, Porto Alegre, e na região Metropolitana. Na capital ele é o preferido por 42% dos entrevistados, e Rigotto por 38%. Na região Metropolitana o senador tem 38%, e Rigotto 34%. E, no interior do Estado, Rigotto está à frente, com 45%. Paim tem 37%.

A pesquisa, encomendada pelo Grupo RBS e pelo jornal Folha de São Paulo, foi realizada entre os dias 20 e 23 de julho, com 1.215 eleitores. As intenções de voto para o governo do Estado, também medidas no levantamento, foram divulgadas no sábado. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 20141/2010 e no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número 31879/2010.