TSE determina suspensão do direito de resposta do PT

Portal Terra

BRASÍLIA - Neste sábado (24), o ministro do Tribunal Superior Eleitoral, Henrique Neves, determinou a suspensão da decisão contra o direito de resposta do PT às declarações do candidato a vice na chapa de José Serra (PSDB), Indio da Costa (DEM-RJ), feitas no portal portal "Mobiliza PSDB".

Ao site tucano, Indio da Costa havia associado o PT ao narcotráfico e às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

"Tendo em vista que o conteúdo da resposta tem sido livremente informado e comentado, não verifico prejuízo no fato dela ser veiculada após a apreciação do recurso, ou seja, na primeira semana de agosto, que se aproxima", afirmou o Ministro.

Henrique Neves destacou, ainda, que "o efeito suspensivo ora atribuído é limitado, exclusivamente, à veiculação da resposta, não caracterizando nenhuma forma de autorização para nova veiculação da entrevista tida como ofensiva".

No último dia 22, o ministro havia concedido o direito de resposta, por entender que a divulgação no site do PSDB de afirmações feitas por Indio da Costa foi ofensiva e violava a legislação eleitoral.