Preso suspeito de estuprar e manter ex como refém por 3 dias

Portal Terra

SÃO PAULO - Um homem de 24 anos foi preso na rua São José dos Cordeiros, na zona leste de São Paulo, neste sábado suspeito de manter a ex-mulher de 21 anos em cárcere privado por três dias e estuprá-la. Segundo a Polícia Militar (PM), o homem é suspeito ainda de estuprar a irmã de 16 anos da vítima, que está grávida.

De acordo com a PM, vizinhos denunciaram que havia uma briga de casal na residência. Quando os policiais chegaram ao local para verificar o caso, o homem teria dito que ali ninguém chamou a polícia e que não os deixaria entrar. Foi quando a mulher gritou que estava sendo ameaçada de morte.

Conforme a PM, os policiais entraram na casa e a mulher lhes disse que estava sendo mantida ali há três dias, que havia sido estuprada durante este tempo e que o homem ameaçava a matar a facadas. A irmã da vítima, que depôs na delegacia, disse que também já foi vítima de estupro dele. O suspeito foi preso e encaminhado ao 62º Distrito Policial, mas negou todas as acusações.