Quadro de Portinari furtado em PE entra para lista da Interpol

Portal Terra

RECIFE - O quadro 'Enterro', de Cândido Portinari, furtado há uma semana do Museu de Arte Contemporânea (MAC) de Olinda, em Pernambuco, entrou para a lista de obras procuradas pela Interpol. Autoridades policiais dos 188 países onde a organização atua terão acesso a informações detalhadas da tela avaliada em R$ 1 milhão, o que deve ajudar nas investigações.

Na quarta-feira (14), uma funcionária do museu deu falta do quadro, por volta das 17h30, quando fechava o local. Segundo a polícia, ela fechava uma das janelas do museu quando a moldura da obra caiu em cima dela.

O suspeito teria tirado a tela e escondido a moldura por trás da janela. As investigações vêm sendo feitas pela Delegacia de Roubos e Furtos da Polícia Civil, com o apoio da Polícia Federal.

O MAC tem vigilância 24h, mas não conta com câmeras de segurança.