Em discurso, Lula deixa escapar confiança na eleição de Dilma

Davi Lemos, Portal Terra

SALVADOR - Na cerimônia de entrega de 440 apartamentos através do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida, nesta sexta-feira (23), em Feira de Santana (BA), o presidente Lula, mesmo em evento oficial, deixou transparecer que acredita que fará seu sucessor.

Quando comentava o programa Luz para Todos, disse que "vou sair daqui com a convicção de que fizemos muito. Mas a mesma convicção eu tenho de que devemos fazer muito mais. Nós conseguimos mudar muitas coisas, mas se vocês entenderem o que eu estou falando, saberão que tem que mudar muita coisa ainda".

O presidente petista disse que a disponibilidade de crédito de R$ 1 trilhão para empresas e a situação de credor do FMI não são obra dele sozinho. "Algumas pessoas ao meu redor contribuíram para que isso acontecesse", disse Lula, numa clara referência à presidenciável petista Dilma Roussef.

O governador Jaques Wagner não participou da entrega das casas ao lado do presidente Lula, pois a lei eleitoral veda a participação de candidatos em solenidade de entrega de obras. A assessoria do governador, que esteve junto ao presidente no II Encontro Nacional da Agricultura Familiar, ainda tentou viabilizar a presença de Wagner na entrega das casas.