Depois do jogo, Dilma se reúne com 50 mulheres

Jornal do Brasil

BRASÍLIA - A candidata do PT á Presidência, Dilma Rousseff, assistiu ao jogo da Seleção Brasileira sexta-feira junto a amigos e assessores. Em seguida, reuniu-se com cerca de 50 mulheres na casa do empresário Abílio Diniz, no bairro dos Jardins, em São Paulo, num evento que não estava previsto na agenda oficial. A reunião teve início às 16 horas e prosseguiu até a noite.

Diniz é presidente do Conselho de Administração do Grupo Pão de Açúcar, a maior rede de varejo do país. Assessores da candidata informaram que o encontro foi idealizado pelo próprio Diniz e sua mulher, Geyze, e que ambos teriam pedido para que o evento não fosse incluído na agenda.

O objetivo da reunião seria a realização de um bate-papo informal, no qual as mulheres fariam perguntas a respeito da plataforma de governo da ex-ministra da Casa Civil. Abílio Diniz não participaria da conversa, e teria deixado a residência pouco depois da chegada de Dilma. Ao fim da reunião, a candidata apenas disse que foi um encontro muito bom .

A volta de Dilma a Brasília estava prevista para sexta-feira à noite. A chegada a São Paulo contou com a recepção do pré-candidato ao PT ao governo paulista, Aloizio Mercadante, e também pelo deputado Antonio Palocci. Na ocasião, Dilma posou para fotos e gravou para a propaganda eleitoral de Mercadante.

O empresário Abílio Diniz demonstra ser simpatizante da campanha de Dilma, e já elogiou recentememte a petista. Em março, ele disse que a ex-ministra tem condições de levar adiante o que chamou de legado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.