PT pede nova suspensão de programas de José Serra

Claudio Leal, Portal Terra

DA REDAÇÃO - Nesta quarta-feira (23), o PT entrou com uma representação na Justiça Eleitoral contra o PSDB e o candidato à Presidência, José Serra, para suspender as inserções nacionais dos tucanos, em rádio e TV, nos próximos dias 26 e 29 de junho. Segundo os petistas, houve divulgação da "imagem pessoal" de Serra em 22 de junho.

O PT deseja a suspensão imediata dos programas, com a alternativa de serem substituídos por outros. Além disso, pede que a liminar "seja julgada procedente para determinar a cassação de tempo equivalente a 5 vezes ao da inserção ilícita, no semestre seguinte."

Em 18 de junho, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) suspendeu as inserções nacionais do PSDB programadas para os dias 22, 26 e 29 deste mês, atendendo a uma representação do PT. Permitiu-se a substituição dos spots, outra vez questionados na Justiça.

Esta semana, a judicialização da campanha foi robustecida por um processo de danos morais do PT contra Serra. O candidato tucano atribuiu a Dilma Rousseff a responsabilidade política pela confecção de um dossiê contra sua candidatura.