Iris descarta coligação com o DEM em Goiás

Portal Terra

GOINIA - O pré-candidato do PMDB ao governo do Estado, Iris Rezende, disse, nesta quinta-feira (24), em entrevista a Rádio 730 AM, de Goiânia, que não vê mais possibilidade do DEM se coligar este ano à sua chapa. O comentário foi feito quando o peemedebista era questionado sobre a vaga de vice, ainda em aberto, e que pode ir para o PT ou para o próprio PMDB numa eventual chapa-pura.

"Eu não digo que não surja um candidato à vice do próprio partido, eu não repilo a ideia, porque, por exemplo, há poucos dias se discutia a possibilidade de uma composição com o DEM. De repente, nós temos a impossibilidade disso. Então, se descartou, porque o DEM não viria simplesmente para lançar candidato a deputado federal", disse o peemedebista.

Durante a entrevista, Iris também admitiu que o alinhamento nacional do DEM com o PSDB deve pesar na composição do partido do democrata Ronaldo Caiado com a pré-candidatura do tucano Marconi Perillo. "Eu entendo que é muito difícil para o DEM de Goiás integrar o nosso palanque, até porque nós vamos pedir voto para a Dilma e sabemos com toda a clareza que o DEM tem um compromisso com José Serra", justificou Iris.

O DEM vem sendo cortejado em Goiás por todos os pré-candidatos, em grande parte porque tem cerca de cinco minutos de tempo na propaganda de rádio e TV para oferecer em qualquer coligação.