Festa junina de Salvador deixa 23 feridos por bombas e fogos

Portal Terra

SALVADOR - Vinte e três pessoas ficaram feridas no primeiro dia de festas juninas em Salvador. Elas deram entrada no Hospital Geral do Estado (HGE). Entre os queimados, está o garoto Eduardo Oliveira da Hora Filho, de 4 anos, que se desequilibrou ao cumprimentar uma prima e caiu de costas na fogueira, de acordo com sua tia, Maria Lúcia Oliveira Santos Malaquias, 39. Ele queimou o braço e parte das nádegas.

Dos 23 casos, 20 foram vítimas de bombas, dois ficaram feridos com fogos de artifício e um se machucou com uma fogueira. Os feridos por fogos e fogueira ainda estão internados no hospital, os demais já foram liberados.

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o movimento continua intenso nas vias estaduais, mas sem congestionamento. Os pontos com maior quantidade de carros são a Estrada do Coco (BA-099), na BA-001 e principalmente no trecho que vai de São Sebastião a Santo Amaro. Nenhum acidente foi registrado durante a noite.

Na travessia Salvador-Itaparica as filas diminuiram consideralvelmente, segundo a TWB, responsável pelo sistema ferry boat. O tempo de espera de veículos não ultrapassa os 30 minutos. A previsão para pedestres é similar. Até domingo, o ferry opera no sistema bate-volta. Não há mais passagens com horário marcado.