PF prende 12 em operação contra quadrilha que fraudava concursos

JB Online

RIO - Doze pessoas foram presas na operação deflagrada nesta quarta-feira pela Polícia Federal para desarticular uma quadrilha que fraudava concursos públicos há cerca de 16 anos. A Operação Tormenta foi chefiada pelo delegado Victor Hugo Rodrigues Alves.

Foram cumpridos 12 mandados de prisão e 34 mandados de busca e apreensão em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Durante a ação também foram apreendidos equipamentos para fraudes e cadernos de provas, além de dinheiro.

As investigações começaram em 2009, por ocasião da realização do concurso para agente da Polícia Federal. Além desse concurso, a quadrilha também agiu no Exame da Ordem dos Advogados do Brasil, em 2010, e na prova para auditor da Receita Federal, em 1994. Os concursos da Abin e da Anac também estão sob suspeita.

Segundo a PF, os candidatos interessados na compra dos gabaritos pagavam até US$ 50 mil.